publicidade

Política

Após decisão unânime no STJ, Justiça Federal expede alvará de soltura de Temer

por Felipe Oliveira no dia 15 de May de 2019 às 13:25
Foto: REUTERS/Amanda Perobelli

Nesta quarta-feira (15), um dia depois de o STJ (Superior Tribunal de Justiça) conceder habeas corpus, o ex-presidente Michel Temer foi autorizado a deixar a prisão e voltar à sua casa, na zona oeste de São Paulo.

A juíza Caroline Figueiredo, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio foi a responsável pela expedição. Ela também tomou decisões sobre a custódia do ex-presidente. Figueiredo é substituta do juiz Marcelo Bretas, que está de férias.

A juíza também expediu autorização ao coronel João Baptista Lima Filho, amigo de Temer desde os anos 1980 apontado como operador de propina do ex-presidente.Depois de sair da prisão, o ex-presidente ainda passará por exame de corpo de delito antes de seguir para a sua residência.

Leia também:

Seca extrema na Coreia do Norte ameaça população; 40% dos norte-coreanos são desnutridos

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar