publicidade

Entretenimento

Anac abre procedimento para apurar pouso forçado de avião que levava Amado Batista em Jequié

por Paulo Araújo no dia 14 de May de 2019 às 08:41
Foto: Reprodução/TV Bahia

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) abriu uma investigação para apurar as condições do pouso forçado que a aeronave que levava o cantor Amado Batista para um show, realizou em Jequié, no último domingo (12). A informação é do G1.

O avião aterrissou com a ajuda de faróis de carros, já que a pista do aeroporto da cidade estava fechada e não possuía iluminação no momento da aterrissagem.

Segundo a Anac, após o resultado do processo administrativo, o piloto responsável pela manobra poderá ser multado ou até perder a licença para voar. Contudo, não há previsão para a conclusão do inquérito.

A prefeitura local disse que o voo de Amado Batista atrasou e, por isso, o piloto pousou à noite. O comandante da aeronave alegou que saiu atrasado de Sergipe e que se não pudesse pousar em Jequié, tinha combustível suficiente para voar até Vitória da Conquista, que fica a 175 km da cidade.

 

LEIA MAIS:

Trump ameaça o Irã após enviar aparato militar ao Oriente Médio



Notícias: Entretenimento

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar