publicidade

Saúde & Bem Estar

ALERTA! Usos excessivo de medicamentos pode matar 10 milhões por ano até 2050

por Paulo Araújo no dia 29 de April de 2019 às 13:37
Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

Relatórios de entidades ligadas à Organização das Nações Unidas (ONU), divulgados nesta segunda-feira (29) apontam que o uso excessivo de medicamentos e casos de resistências microbianas serão a causa da morte de até 10 milhões de pessoas por ano até 2050. A informação é da Agência Brasil.

O prejuízo econômico causado pelo quadro pode causar uma crise global semelhante à queda do mercado imobiliário americano em 2008 e 2009.

O uso indiscriminado de medicamentos tem aberto portas para doeças e bactérias superresistentes. Atualmente, 700 mil pessoas morrem todos os anos em decorrências de doenças resistentes a fármacos.

“Mais e mais doenças comuns, incluindo infecções do trato respiratório, infecções sexualmente transmissíveis e infecções do trato urinário estão se tornando intratáveis”, alertou a Organização Mundial da Saúde (OMS).

“O mundo já está sentindo as consequências econômicas e na saúde à medida em que medicamentos cruciais se tornam ineficazes. Sem o investimento dos países em todas as faixas de renda, as futuras gerações terão de enfrentar impactos desastrosos da resistência antimicrobiana descontrolada”, completou a OMS.

 

LEIA MAIS:

ARTILHARIA PESADA! Primeira rodada da Série A registra a maior média de gols em 12 anos

Notícias: Saúde & Bem Estar

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar