publicidade

Brasil

Prefeitura dá início ao processo de demolição dos prédios na Muzema no Rio de Janeiro

por Bernardo Rego no dia 24 de April de 2019 às 14:50
Foto: Reprodução

O processo de demolição de dois prédios no condomínio Figueiras do Itanhangá, na Muzema, no Rio de Janeiro, foram iniciados nesta quarta-feira (24).

As duas construções ficam ao lado dos dois edifícios que desabaram no dia 12 deste mês, deixando 24 mortos e sete feridos. Duas pessoas permanecem internadas: Paloma Paes Leme, de 44 anos, e o filho dela, Rafael, de 4 anos, estão na Unidade Intermediária Pediátrica do Hospital Miguel Couto, na Gávea, com quadro clínico estável.

O trabalho deve durar 30 dias e está em avaliação a necessidade de contratar emergencialmente uma empresa para auxiliar na demolição, o que poderia acelerar o processo.

Como o acesso ao prédio de oito andares está bloqueado por escombros, a Secretaria Municipal de Conservação (Seconserva) fará um acesso por um dos apartamentos do primeiro andar. A Polícia Militar foi acionada para apoiar a ação e a Guarda Municipal estará com 30 agentes no local, para auxiliar no isolamento da área e no controle do trânsito. A Secretaria Municipal de Urbanismo aumentou a fiscalização na região e elabora atos administrativos para dar suporte às ações da prefeitura.

Já foram abertos 33 processos novos de notificação no condomínio, com a identificação individual das construções irregulares.

 

LEIA TAMBÉM:

BEM NA FITA! Neymar é o quinto atleta mais bem pago do mundo, diz revista

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar