publicidade

Brasil

DESABAMENTO NO RJ: baiana que morreu com o filho morava na comunidade há um ano

por Mateus Carmo no dia 15 de April de 2019 às 19:39
Foto: Reprodução

De acordo com informações divulgadas nesta segunda-feira (15) pelo ex-companheiro, a baiana Zenilda Bispo Amorim tinha 38 anos, que morreu com o filho no desabamento de dois prédios na comunidade de Muzema, Zona Oeste do Rio de Janeiro, morava na região há apenas um ano.

Conforme o ex-companheiro, ela e o filho, Juan Amorim Rodrigues, tinha 10 anos, foram encontrados praticamente ao mesmo tempo, no sábado (13) à noite, mais de 24h após a tragédia.

Os prédios desabaram na manhã da sexta-feira (12). Além de Zenilda e do filho, outras 9 pessoas morreram e 13 seguem desaparecidas, segundo o Corpo de Bombeiros.

Zenilda é natural de Itaberaba, na Chapada Diamantina, mas, segundo informações de familiares, morava no Rio de Janeiro há mais de 20 anos. Ela foi para a cidade para ficar com o ex-companheiro, que se mudou para procurar trabalho e acabou se firmando.

 

LEIA TAMBÉM:

Alagoinhas: homem é preso após confessar que matou ex-companheira a facadas por ciúmes

 

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar