publicidade

Saúde & Bem Estar

Confira dicas para manter a segurança com os lacticínios

por Mateus Carmo no dia 03 de April de 2019 às 16:58
Foto: iStock (Foto ilustrativa)

Com as altas temperaturas do verão, é importante ter atenção e cuidados redobrados para conservar de maneira correta determinados alimentos, como é o caso do queijo. A Tirolez, uma das marcas mais tradicionais de laticínios do Brasil, dá dicas importantes de como manter a segurança com os laticínios.

Cada queijo tem suas especificações, ou seja, há uma forma correta para armazená-lo e evitar que estrague ou seja desperdiçado. Atente-se a essa informação e mantenha a qualidade dos seus produtos.  

De forma geral, os diversos queijos podem ser refrigerados para conservá-los de forma correta. Após retirar o produto da embalagem e consumi-lo, você deverá transferi-lo para um recipiente plástico com tampa e envolvê-lo com algum plástico filme. Não se esquece de conferir a validade do produto no rótulo. 

Vale ressaltar também que os queijos variam muito no que diz respeito a sua resistência e seus índices de segurança para evitar contaminações. Os queijos frescos e de pasta mole, como o minas frescal e a ricota, por exemplo, são úmidos o suficiente para promover o desenvolvimento de bactérias causadoras de doenças.

Já os queijos mais secos, como o parmesão e provolone, por exemplo, resistem melhor ao crescimento de bactérias devido à concentração de sal e ácidos, embora possam, raramente, ser infectados por fungos produtores de toxinas. É importante que você saiba, que independentemente do tipo de queijo, se algum fungo começar a crescer, deve-se fazer um corte profundo, para eliminar toda a área contaminada ou realizar o descarte do pedaço por completo.

 

LEIA TAMBÉM:

Três suspeitos de tráfico de drogas são presos durante operação da polícia em Caravelas

Notícias: Saúde & Bem Estar

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar