publicidade

Brasil

NEGLIGÊNCIA? Documentos apontam que Vale sabia de risco em Brumadinho desde 2017

por Paulo Araújo no dia 12 de February de 2019 às 09:45
Foto: Reprodução

Dois relatórios da Vale, o primeiro de 2017 e o segundo de outubro de 2018, apontavam que a barragem 1 de Córrego do Feijão, em Brumadinho-MG. A informação é da Reuters.

Segundo os documentos o risco de colapso na barragem era o dobro do aceitável. A mineradora, no entanto, nega que exista os documentos que atestavam para o risco. A Vale também afirmou que "a barragem possuía todos os certificados de estabilidade e seguranças nacionais e internacionais e que estava dentro do limite de risco".

Até agora foram confirmadas 165 mortes em decorrência da queda da barragem. Outras 155 vítimas seguem desaparecidas.

 

LEIA TAMBÉM:

 

PREJUÍZO! Cabo de alta tensão atinge motos e veículos ficam totalmente destruídos

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar