publicidade

Política

Bolsonaro quer classificar atos criminosos no Ceará como terrorismo

por Paulo Araújo no dia 12 de January de 2019 às 11:35
Foto: Reprodução/ Alan Santos/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, defendeu em publicação no Twitter, um endurecimento do código penal para tratar atos de destruição de bens, como os atos no Ceará, de terrorismo. A informação é da Folhapress.

"Ao criminoso não interessa o partido desse ou daquele governador. Hoje ele age no Ceará, amanhã em SP, RS ou GO. Suas ações, como incendiar, explodir, ... bens públicos ou privados, devem ser tipificados como TERRORISMO. O PLS 272/2016 do Sen. Lasier Martins é louvável", escreveu o presidente.

O PLS 272 amplia a abragência da Lei Antiterrorismo. Entretanto, movimentos sociais acreditam que a medida torna a lei imprecisa e pode criminalizar manifestações públicas e atos desses movimentos.

O projeto aguarda votação na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. O relator é o senador Magno Malta, que não foi reeleito.

 

LEIA MAIS:

Homem é morto a tiros após tentar se esconder de assassino no sul do estado

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar