publicidade

Brasil

Ceará registra mais um dia de ataques; número de prisões chega a 287

por Paulo Araújo no dia 11 de January de 2019 às 06:45
Foto: Reprodução/Agência Brasil

O número de presos, suspeitos de participação nos ataques no Ceará, chegou a 287. A atualização foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, nesta quinta-feira (10). Os ataques a prédios públicos, viadutos, ônibus e outros alvos são coordenados por facções criminosas que atuam no estado. A informação é da Agência Brasil.

A prefeitura de Fortaleza informou que dois ônibus foram incendiados e dois centros de assistência social sofreram invasões. Em razão dos episódios, as duas unidades ficaram sem atendimento. Um viaduto foi incendiado, no bairro de Parangaba, também na capital. Esse episódio prejudicou a circulação do metrô da cidade, que atrasou cerca de uma hora e meia no início do dia.

Uma escolta policial foi destacada para tentar garantir a segurança dos ônibus. Há policias ttambém nas estações de transbordo.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do estado disponibilizou o número 181, o Disque Denúncia do órgão, e um número de WhatsApp para receber denúncias de atos criminosas ou atitudes suspeitas.

O Conselho Estadual de Direitos Humanos do Ceará denunciou abusos de autoridade nos presídios e alegou em nota que "tem recebido notícias de arbitrariedades e de uso excessivo da força cometidos por agentes de segurança pública, tais como invasão de domicílios, violência em abordagens policiais, suspeita de flagrantes forjados e prisões arbitrárias nas periferias das cidades cearenses”.

 

LEIA MAIS:

]TENSO: dono de academia relata ameaças após boato de que teria ficado com prêmio da Mega da Virada

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar