publicidade

Radar Cidadão

INSEGURANÇA! Constantes assaltos assustam moradores da Vila Militar

por Redação Radar da Bahia no dia 20 de December de 2018 às 17:34
Foto: Google Street View

Os moradores da Vila Militar de Jardim Placaford, em Piatã, tem sofrido nos últimos dias com os constantes assaltos na região. O local que era pra inibir a ação de bandidos, parece ter caído no gosto dos meliantes devido ao pouco movimento nas ruas. Em uma semana, três assaltos foram presenciados na rua Sargento Walmir Bannach. 

Na quarta-feira (12), uma mulher foi vítima de dois criminosos. Ela foi abordada por eles, que em posse de uma faca, subtraíram sua bolsa e fugiram em seguida. No entanto, os criminosos não tiveram sorte. Um morador da região deu suporte, indo atrás dos criminosos e ao encontrar uma viatura, acionou os policiais, que abordaram o homem e encontraram a bolsa da mulher. Ela os reconheceu e teve seus pertences recuperados.

Na sexta-feira (15), um homem ia ser vítima de mais uma ação de bandidos no mesmo lugar, mas por sorte, ele conseguiu fugir. A ação foi acompanhada por um funcionário de uma empresa da localidade. "Saí do trabalho, fechei tudo e quando fui entrar na transversal que dá para o ponto de ônibus, vi um rapaz correndo, desesperado. Quase ele se bate em mim", disse o funcionário que prefere não ser identificado. "Pelo nervosismo dele, imaginei ser algo relacionado a assalto, já que soube de alguns casos aqui. Voltei para o trabalho e fiquei observando o que viria depois, mas não avistei ninguém", completou.

O funcionário conta que a desertidão da rua ajuda na ação de bandidos. "Aqui é calmo, cara. Quase nunca tem ninguém na rua, então, acredito que isso faça com que esses criminosos hajam. Tem que ter cuidado. O que me espanta é que, mesmo sendo um local militar, eles não se intimidam. Temos que ter cuidado, infelizmente. Eu digo que dei sorte", relatou. 

Nesta semana, outra mulher foi vítima da ação de bandidos, que novamente utilizaram uma faca para praticar o delito. A mulher teve seus pertences roubados. "Soube da das duas situações. Pelo horário que saio do trabalho, é impossível não se arriscar. Infelizmente estamos à mercê da ação desses criminosos. E não é só aqui. É em qualquer lugar", contou. "Não vejo policiamento aqui. Na orla não. Geramente vejo viaturas passando, mas pelas ruas atrás da orla quase nunca avisto", finalizou o funcionário.

 

ATENÇÃO: risco de infarto é maior durante festas de fim de ano, aponta estudo

 

 

Notícias: Radar Cidadão

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar