publicidade

Bahia

MEU DEUS! Criança ainda tem 4 agulhas das 31 inseridas no corpo pelo ex-padrasto

por Débora Oliveira no dia 06 de December de 2018 às 13:43
Foto: Reprodução

Um garoto de 11 anos, que teve 31 agulhas inseridas no corpo pelo ex-padrastro Roberto Carlos Magalhães, após nove anos ainda convive com quatro agulhas no corpo.

O caso aconteceu em Ibotirama, no oeste da Bahia, e ganhou repercussão no mundo inteiro. O garoto na época deu entrada no hospital chorando e sentindo muitas dores, quando tinha 2 anos e 7 meses. Sem diagnóstico evidente, os médicos pediram uma radiografia e encontraram as agulhas espalhadas pelo corpo do menino.

Maria Souza Santos, mãe do garoto, que acompanhou todo o sofrimento do filho, está aliviada de ver o menino tão cheio de saúde.

"Isso é um sonho, ver meu filho amparado, indo para a escola, brincando com o irmão, com os amiguinhos. Porque eu pensava naquilo que ele estava passando, que meu filho ia se acabar naquela hora por causa de mãos de gente ordinária, que não tem coração", disse emocionada.

Em 2014, cinco anos após o crime, Roberto foi condenado a 12 anos e seis meses de prisão, por tentativa de homicídio triplamente qualificado.

LEIA MAIS

FEIRA DE SANTANA: morre terceira vítima de incêndio em prédio

Notícias: Bahia

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar