publicidade

Economia

Presidente do BC afirma que manutenção da Selic e inflação dependem de aprovação das reformas

por Bernardo Rego no dia 05 de December de 2018 às 16:25
Foto: © DR

O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, afirmou nesta quarta-feira (5) que a manutenção da inflação baixa e os juros básicos, a taxa Selic, no menor nível histórico só vão se manter no médio e longo prazo se forem aprovadas reformas como a da Previdência, ressaltou em audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

"De março para cá, houve uma resiliência das nossas instituições, das nossas expectativas, de forma que foi possível manter a taxa de juros em 6,5% ao ano, apesar da volatilidade e o ambiente mais desafiador para as economias emergentes [como o Brasil]", disse.

"Esses resultados, ligados à inflação baixa, juros na mínima histórica, relevantes para o crescimento, só vão poder se manter no médio e longo prazo desde que a gente se mantenha no processo de aprovação de reformas, notadamente as de natureza fiscal e ajustes na economia brasileira", pontuou.

As informações são da Agência Brasil.

LEIA TAMBÉM:

“Orem por mim”, diz Simone após abandonar redes sociais

Notícias: Economia

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar