publicidade

Polemizando

Os passos largos do Vitória rumo à Segunda Divisão

por Neison Cerqueira no dia 07 de November de 2018 às 16:15
Foto: Divulgação

A temporada do Esporte Clube Vitória pode ser selada com um fim trágico: o descenso à Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. Durante o ano de 2018, a diretoria Rubro-Negra cometeu erros que talvez tenham sido expostos agora: a demissão de Paulo Cézar Carpegiani dias antes do clássico contra o arquirrival Bahia. Se entregou à Série B ou será combustível para mudar o panorama nesta temporada? Vai saber...

O Vitória vai para campo domingo (11), às 16h, no Barradão, como criança que andou de bicicleta pela primeira vez: caiu, se machucou, mas vai precisar levantar para continuar aprendendo. Antes de falar do Bahia, próximo adversário, com empate em 1 a 1 diante do lanterna da competição e já rebaixado Paraná, o Leão da Barra vai enfrentar um Bahia embalado com a possibilidade de conquistar uma vaga na Libertadores. O que vai acontecer nesse jogo? Só Deus sabe!

Pesa contra o Vitória o histórico recente diante do rival. O Leão não vence o Esquadrão de Aço há nove jogos. No último encontro entre as equipes, uma goleada por 4 a 1 na Arena Fonte Nova pela 14ª rodada do Brasileirão. Mancini ainda era o treinador. Corrobora para a situação de declive do Vitória, o péssimo episódio registrado no Ba-Vi do Baianão, no dia 18 de fevereiro, que foi parar no TJD e STJD, quando foi decretado o Bahia vencedor da partida por 3 a 0. 

No entanto, o clássico para o Vitória deverá ser considerado como dois pesos e duas medidas. Clássico é clássico e se tratando de Ba-Vi, meus amigos, tudo pode acontecer. E justamente por isso, coloco o Bahia como grande favorito na partida pelo momento da equipe na competição, por organização tática e como a equipe treinada por Enderson Moreira se posta em campo: o Vitória, perdido dentro e fora de campo, não terá vida fácil.

Vencer a partida vai ser fundamental para o Leão. Em caso de resultado positivo, recoloca o Bahia na briga pela luta contra o rebaixamento, mas caso saia de campo de derrotado, o Rubro-Negro vai precisar pedir aos céus, por que olhando a sequência da equipe na competição, só um milagre salvaria o Leão do rebaixamento.

Se ligue na agendinha VIDA OU MORTE do Rubro-Negro...

O Vitória tem na sequência Bahia (em casa), Sport (fora de casa e adversário direto), Atlético Paranaense (em casa), Cruzeiro (fora de casa), Grêmio (em casa) e Palmeiras (fora de casa). Parada dura para o Leão! 

Atualmente, com 34 pontos e na 17ª colocação, pela linha de corte, o Rubro-Negro precisaria de no mínimo 11 pontos, para chegar aos 45 pontos. Número que os matemáticos acreditam ser o suficiente para evitar uma queda para a Segundona. Será que vai conseguir?

Notícias: Polemizando

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar