publicidade

Política

PGR denuncia ministro do TCU e filho suspeito de tráfico de influência

por Bernardo Rego no dia 11 de outubro de 2018 às 18:10
Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (10), a Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Aroldo Cedraz, seu filho Tiago Cedraz e outras duas pessoas por tráfico de influência.

Os dois são acusados de negociar e receber dinheiro da UTC Engenharia para influenciar o julgamento de processos sobre a Usina Angra 3 que tramitam no TCU.

A denúncia foi encaminhada ao relator do inquérito caso no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin. As investigações têm como base a delação do ex-presidente da UTC Ricardo Pessoa.

Procurada pelo G1, a assessoria de imprensa do TCU disse que o tribunal não vai se manifestar sobre a denúncia.

De acordo com a denúncia, os acertos foram feitos em 2012 e pagos parceladamente até 2014. No total foram pagos R$ 2,2 milhões.

 

LEIA TAMBÉM:

Suposto dono de mais de duas toneladas de maconha morre em confronto com a polícia

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar