publicidade

Mundo

Cerca de 821 milhões de pessoas passam fome no mundo, diz GHI

por Mateus Carmo no dia 11 de outubro de 2018 às 15:08
Foto: Feisal Omar/Reuters

Nesta quinta-feira (11), o Índice Global da Fome (GHI) divulgou dados que indicam que cerca de 821 milhões de pessoas passam fome no mundo. Apesar dos progressos realizados e, caso não forem feitos mais esforços, aproximadamente 50 países poderão não erradicar a fome até 2030, segundo um relatório da instituição.

Ainda conforme a pesquisa, em 2018 referiu que o flagelo da fome caiu 28% globalmente desde o início do século e a mortalidade infantil – de crianças com menos de 5 anos – diminuiu para metade no mesmo período.

Entretanto, apesar destes avanços, ainda há níveis graves de fome no mundo, alerta o relatório, elaborado anualmente pela organização não-governamental (ONG) alemã Welthungerhilfe e a irlandesa Concern Worldlife, assim como pelo Instituto Internacional de Investigação sobre Políticas Alimentares (IFPRI), dos Estados Unidos.

Especificamente, 45 dos 117 países incluídos no índice têm níveis “graves” de fome e outros seis - Chade, Haiti, Madagáscar, Serra Leoa, Iémen e Zâmbia – têm níveis "muito graves". A situação na República Centro-Africana - imersa desde 2012 numa grande instabilidade política provocada pela guerra civil - é "alarmante".

Em outros sete países - Burundi, República Democrática do Congo, Eritreia, Líbia, Somália, Sudão do Sul e na Síria, aos quais não se pode aplicar o índice devido à falta de dados - a situação da fome e da desnutrição é "preocupante".

 

LEIA TAMBÉM:

Mulher morre após tentar desviar de pneu na BR-242 em Barreiras

Notícias: Mundo

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar