publicidade

Economia

PREÇO SALGADO! 39,7% do preço de um brinquedo são impostos

por Bernardo Rego no dia 11 de outubro de 2018 às 14:53
Foto: Reprodução

Na véspera do Dia das Crianças, apesar de muitas novidades no mercado de brinquedos infantis, a maior preocupação dos pais é o preço dos produtos. Os valores absurdos se dão pela alta taxa de imposto incidente nos mesmos.

Quando o consumidor compra um brinquedo de R$ 50, por exemplo, paga R$ 19,85 só de tributos, ou seja, 39,7% do preço final, de acordo com ranking da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

A tributação de outros produtos que vendem bastante na época pode passar de 50%, como jogos e consoles de videogame (72,18%), tênis importados (58,59%), patins (52,78%), skate (52,78%) e patinete (52,78%), que estão no topo da lista. Já uma simples bola de futebol carrega consigo 48,49% de impostos.

“A taxação sobre os produtos que consumimos no Brasil é muito alta, é de primeiro mundo, mas o retorno disso não tem nada de primeiro mundo, já que os serviços públicos, de educação, saúde, segurança deixam muito a desejar. Por isso, não podemos admitir que os eleitos nas eleições de outubro cogitem aumentar tributos; precisamos exigir que melhorem a gestão do gasto público”, comenta Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

 

LEIA TAMBÉM:

CASO MARIELLE: biotipo de assassino é identificado

Notícias: Economia

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar