publicidade

Polícia

Homem que confessou ter matado Moa do Katendê por briga política é transferido para presídio

por Paulo Araújo no dia 11 de October de 2018 às 10:47
Foto: Reprodução/G1

Paulo Sérgio Ferreira de Santana, de 36 anos, que confessou ter assassinado a facadas, o líder negro Moa do Katendê, foi transferido nesta quarta-feira para o Complexo Penitenciário da Mata Escura. Crime ocorreu na última segunda-feira (8).

A Justiça determinou a prisão preventiva de Paulo Sérgio após audiência de custódia realizada na terça-feira (9).

Paulo ficará preso enquanto aguarda julgamento.

Moa do Katendê foi morto após afirmar que era contra o candidato do PSL Jair Bolsonaro. Já Paulo apoiava o militar. Os dois se desentenderam e após buscar uma faca em casa, Paulo matou Moa com 12 golpes. O crime aconteceu em um bar próximo ao Dique do Tororó.

LEIA MAIS:

FRUTO DA MINHA LUTA! Diz Deputada eleita, Olívia Santana em entrevista ao Radar da Bahia

Notícias: Polícia

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar