publicidade

Política

FRUTO DA MINHA LUTA! Diz Deputada eleita, Olívia Santana em entrevista ao Radar da Bahia

por Lucas Salles no dia 11 de outubro de 2018 às 10:09
Foto: Arquivo Radar da Bahia

Com 57.755 mil votos, a ex-secretária da SETRE (Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte), Olívia Santana, de 51 anos, é a segunda mulher negra a assumir uma vaga entre as 63 cadeiras dos parlamentares da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). A agora Deputada Estadual, leva consigo além desse marco histórico, toda uma representatividade.

Em um bate-papo exclusivo com o Radar da Bahia sobre a importância da sua eleição, Olívia descreveu que a sensação agora é de responsabilidade. 

"Carrego essa eleição com grande satisfação. Fui candidata outras três vezes, perdemos, mas insistimos, teimamos. É uma conquista muito importante. Eu sei o quanto essa vitória é um marco. Ela é carregada de simbolismo por todas aquelas mulheres negras históricamente invisibilizadas, que de repente, vão olhar para cá e vão se enxergar aqui. Vão ver um pontinho preto no meio de outros 62 deputados, que é a cara delas, que possui uma história de vida parecida com a delas e isso é muito importante. Essa vitória é fruto de muita luta". 

Em relação ao que o povo baiano pode esperar do seu mandato, Olivía enfatizou que será uma batalhadora dentro da AL-BA.

"Vamos chegar cheios de pautas políticas, na luta e com muita conexão com os movimentos sociais. Farei um mandato ouvindo os movimentos sociais, buscando estar sempre perto deles e delas. Até porque sem essa representação orgânica, não conseguiríamos o que conquistamos hoje". 

Olívia aproveitou para agradecer aqueles que acreditaram no seu trabalho e deram votos à ela.

"Quero dedicar o meu mandato para a luta das mulheres, dos comuns, dos homens, para economia solidária, dos movimentos sociais, para os microempreendedores, sindicalistas, operários da construção civil, dessa gente da educação, do esporte que se uniu e disse: 'agora tá na hora de olívia chegar'. Eu dedico isso a todo o movimento negro, que nunca desistiu de mim", finalizou. 

'QUERO OS NEGROS VIVOS! NÃO QUERO UM CANDIDATO FASCISTA!'

Sobre para quem vai o seu apoio no 2º turno das eleições para presidente da República, Olivía foi contundente: "Para Haddad, óbvio! Eu me amo, amo o Brasil, amo meu povo. Quero os negros vivos, quero os homossessuais vivos, não quero um candidato fascista. Tudo o que eu puder fazer contra o fascismo eu farei, lutarei, dentro do campo da democracia. Ela ainda comentou sobre a fatídica morte do ex-professor de capoeira, Moa do Katendê. "Tô muito triste com a morte de Moa do Katendê, vítima da intolerância política. Eu estou na luta por dias melhores para o Brasil", finalizou a Deputada. 

LEIA TAMBÉM:

Trio é preso em São Cristóvão praticando assaltos; ladrões estavam em carro roubado

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar