publicidade

Entretenimento

Ex-genro de Sílvio Santos é preso por não pagar pensão alimentícia

por Isabela Rocha no dia 10 de outubro de 2018 às 09:19
Foto: Reprodução / Instagram

O ex-marido de Sílvia Abravanel, filha de Sílvio Santos, foi preso pelo não pagamento de pensão alimentícia da filha Sophie, de apenas 5 anos. O cantor sertanejo Edu Pedroso –que na verdade se chama Kleiton Pedroso foi detido em Itajaí (SC), depois de retornar dos Estados Unidos, onde estava fazendo um curso. O mandado de prisão já havia sido expedido desde junho e o acusado estava sendo considerado foragido da Justiça.

De acordo com o portal Uol, a dívida acumulada de 16 meses gira em torno de R$ 81 mil. Em contato com o portal, Ana Arraes, mãe de Sophie, afirmou que Edu Pedroso chegou ao Brasil na última quarta-feira (3), mas foi detido somente nesta terça (9) – já que o Art. 236 do Código Eleitoral diz que nenhum eleitor pode ser preso desde cinco dias antes e até 48 horas depois do encerramento da eleição, apenas em casos especiais.

"Eu tentei vários acordos [durante o período], mas eles sempre me ofereciam 20% [da dívida] e nunca quiseram pagar. Ela [Silvia Abravanel] o proibia de ver a menina", acusa.

Edu Pedroso já havia sido detido por não pagar a pensão em dezembro do ano passado em sua mansão, no Jardim Lusitânia, zona sul de São Paulo, onde morava com Silvia Abravanel. Uma hora depois, porém, ele foi liberado sem pagar o valor da dívida.

Sílvia e Pedroso estão separados

A apresentadora do "Bom Dia & Cia" Silvia Abravanel e o cantor Edu Pedroso se divorciaram no dia 27 de setembro, conforme revela a certidão de divórcio ao qual Uol teve acesso. Os dois estavam juntos desde 2012.

Consultados, Silvia Abravanel e o SBT informaram que não iriam comentar o assunto. A reportagem também tentou contato com a nova defesa de Edu Pedroso, mas sem sucesso.

 

LEIA TAMBÉM:

MISÉRIA! Pobreza extrema cresce em 25 estados brasileiros, aponta estudo; no nordeste é pior ainda

Notícias: Entretenimento

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar