publicidade

Eleições 2018

Ciro diz que reajuste do STF parece achincalhe diante de realidade do país

por Jones Araújo no dia 10 de agosto de 2018 às 13:21
Foto: © Reuters / Paulo Whitaker

Nesta sexta-feira (10), o candidato do PDT à sucessão presidencial, Ciro Gomes, criticou a proposta aprovada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) de reajuste salarial para o próximo ano.

Segundo informações da Folhapress, para Ciro o aumento de 16,38% foi feito de maneira inábil, em um momento inapropriado e parece um "achincalhe" diante da realidade da população brasileira.

"É uma absoluta falta de sensibilidade, com todo o respeito às excelências da Suprema Corte, quanto mais aos quatros que votaram contra, que em um momento de sacrifício para a população, os maiores salários da administração considerem atribuir-se a si um reajuste nessa ordem", disse.

Ciro também disse  que, hoje, 13 milhões de pessoas estão desempregadas e 63 milhões de pessoas estão com o nome sujo por dívidas no país. Ele também chegou a falar que o maior problema do país não são os salários pagos aos servidores públicos, mesmo que tenham privilégios, mas que metade do orçamento brasileiro seja controlado pelo que chamou de "baronato financeiro", em uma referência ao pagamento de juros.

 

Leia também:

TRAGÉDIA DECLARADA! Número de mortos após terremoto na Indonésia passa de 300

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Notícias: Eleições 2018

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar