publicidade

Política

PF cumpre mandados em desdobramento da Lava Jato no RJ; suspeito é preso

por Isabela Rocha no dia 10 de August de 2018 às 09:20
Foto: Reprodução

Na manhã desta sexta-feira (10), a Força-Tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro prendeu João Paulo Júlio de Pinho Lopes, ligado à corretora carioca Advalor Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. A investigação tem como base a delação premiada de Luiz Carlos Velloso, ex-subsecretário de Transportes do Estado do Rio, que teve o acordo homologado pelo ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), no ano passado.

A operação desta sexta cumpre mandados expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, e não tem como alvo pessoas com foro privilegiado. Mas, na delação, Velloso afirma que usou uma conta na corretora para receber dinheiro de propina vindo de empreiteiras e para movimentar valores para Augusto Nardes, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), e para Júlio Lopes, deputado federal pelo PP-RJ e ex-secretário de Transportes do Rio.

A conduta de ambos é analisada em outras instâncias. Na ação desta sexta não há mandados contra Nardes, nem contra o parlamentar.

 

LEIA TAMBÉM:

Bahia não confirma, mas Zé Rafael acerta com o Palmeiras para 2019, diz imprensa paulista

 

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar