publicidade

Economia

Dólar ganha força e volta ao patamar de R$3,80 mesmo com crise internacional e tensão eleitoral

por Bernardo Rego no dia 09 de August de 2018 às 18:04
Foto: Jose Luis Gonzalez/Reuters

O dólar encerrou o pregão desta quinta-feira (9) em alta e fechou o dia em R$ 3,8034 diante de um ambiente de maior cautela com a cena eleitoral local e os desdobramentos da guerra comercial entre Estados Unidos e seus parceiros. É maior nível desde 19 de julho, quando terminou em 3,8448 reais. 

“O Brasil está entrando num momento ímpar e parece que os players do mercado em seus diversos segmentos estão num corner, diante de tantas incertezas e dúvidas no noticiário diariamente. As informações sobre a corrida eleitoral ganham ainda mais importância diante das perspectivas para a atividade econômica e para as contas públicas que hoje se mostram mais desafiadores do que no passado recente", afirmou o economista Sidnei Nehme, sócio da NGO Corretora.

O mercado financeiro tem se mostrado bastante sensível à corrida eleitoral, com candidatos que considera mais voltados a reformas e ajustes fiscais sem ganhar tração na preferência do eleitorado. A notícia sobre o aumento dos vencimentos dos funcionário do Judiciário não agradou ao mercado econômico, afinal isso representa uma grande despesa e possível auemnto de tributos e impostos. Segundo o levantamento, a União será impactada em 1,4 bilhão de reais e os Estados em 2,6 bilhões de reais, caso a elevação seja aprovada pelo Congresso Nacional. A meta de déficit primário do próximo ano é de 139 bilhões de reais.

No exterior, o dólar subia ante a cesta de moedas e também sobre a maioria das divisas de países emergentes, diante da percepção de que a intensificação na guerra comercial entre os Estados Unidos e a China afetaria mais as economias voltadas para a exportação. O Banco Central brasileiro ofertou e vendeu integralmente 4,8 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, rolando 1,68 bilhão de dólares do total de 5,255 bilhões de dólares que vence em setembro. Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral.

 

LEIA MAIS:

Suzane von Richthofen recebe indulto para comemorar o 'Dia dos Pais'

 

Notícias: Economia

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar