publicidade

Brasil

SORTE? Câmara do Rio rejeita pedido de impeachment contra Crivella

por Débora Oliveira no dia 12 de July de 2018 às 17:55
Foto: Reprodução

A Câmara de Vereadores em sessão extraordinária rejeitou nesta quinta-feira (12), a admissibilidade da abertura dos pedidos de impeachment contra o prefeito do Rio Marcelo Crivella (PRB). 

Quarenta e cinco vereadores participaram da sessão.Com 29 votos contra 16, os parlamentares que apoiam a permanência do prefeito conseguiram a maioria simples, informou o G1.

Dois pedidos de impeachment haviam sido protocolados na Casa. Em uma reunião antes da votação, os parlamentares acordaram que, se a primeira fosse rejeitada pela Câmara, a segunda seria julgada prejudicada antes mesmo de ser votada. Assim foi feito.

O público ficou dividido em duas galerias: uma pró-Crivella, que chegou cedo e surpreendeu a oposição, e outra com ativistas favoráveis ao impeachment. 

Do lado de fora da câmara, houve confusão entre os dois grupos, com os manifestantes que não conseguiram senhas para entrar.

Os debates também foram acirrados: houve muitas vaias em vários momentos. O presidente da Câmara, vereador Jorge Felippe (MDB), disse que a sessão extraordinária serviu para "deliberar sobre recebimento das denúncias de infração político-administrativa contra o Excelentíssimo Senhor Prefeito".

Apesar do processo de impeachment ter sido rejeitado, o Tribunal de Contas do Município decidiu votar as contas de 2017 do prefeito. 

Os pedidos de impeachment contra o prefeito foram feitos após uma matéria do jornal O Globo, em que denunciou uma reunião secreta com pastores no Palácio da Cidade, em que o prefeito garantiu soluções para problemas com IPTU e agilidade para cirurgias de catarata.

LEIA MAIS

Homem fica ferido após explosão em casa no Alphaville II

 

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar