publicidade

Mundo

Autoridades dizem que caverna na Tailândia se tornará museu sobre o resgate

por Jones Araújo no dia 12 de julho de 2018 às 10:04
Foto: reprodução

O chefe da operação de resgate na Tailândia, Narongsak Osottanakorn, disse nesta quarta-feira (11), que o complexo de cavernas onde o time de futebol ficou preso, será transformado em um museu dedicado ao resgate.

Segundo ele, a área se tornará um museu vivo para mostrar como foi a operação de resgate. Além disso uma base de dados interativa será criada, a caverna será uma grande atração turística para a Tailândia.

Mas para isso é preciso aumentar a segurança dentro e fora da caverna para proteger turistas que visitassem o local, foi  que disse o primeiro-ministro da Tailândia, Prayuth Chan-och, na terça-feira (10). Os moradores do vilarejo próximo já pediram às autoridades que coloquem avisos mais claros no local, porque a caverna é conhecida por ter tendência a ficar inundada.

Com o nome Tham Luang Nang Non, ou "caverna da moça reclinada", a gruta será fechada nesta quinta-feira (12) por tempo indeterminado, segundo Chongklai Worapongsathorn, diretor-adjunto do Departamento de Parques Nacionais, Vida Selvagem e Conservação de Plantas. Ele afirmou que há planos de recuperar o parque em torno da caverna.

O nome da gruta diz respeito a uma lenda relacionada ao local, segundo a qual uma linda princesa fugiu para a caverna com seu amante plebeu. Seu pai mandou soldados para matar o homem, e a princesa cometeu suicídio, com isso, as montanhas no entorno teriam adquirido o contorno do corpo dela.

 

Leia também:

Filhos de Mick Jagger e Galvão Bueno brigam na web; saiba o motivo

Notícias: Mundo
© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar