publicidade

Política

SOBRE LULA: impunidade para um é impunidade para todos, diz Marina

por Jones Araújo no dia 12 de julho de 2018 às 09:32
Foto: © Adriano Machado / Reuters

Nesta quarta-feira (11), durante entrevista à imprensa em Belo Horizonte, a presidenciável Marina Silva (Rede) saiu em defesa do juiz Sergio Moro, no mesmo dia ela lançou a pré-candidatura do missionário Kaká Menezes (Rede) ao Senado. Ela estava acompanhada do pré-candidato ao governo de Minas pela Rede, João Batista dos Mares Guia.

Referindo-se ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ela afirmou que os grandes partidos querem atacar Moro para garantir impunidade a todos. Marina aproveitou também para criticar o juiz federal do Tribunal Regional Federal da 4ª Região Rogério Favreto, que concedeu um habeas corpus a Lula no último domingo (8).

Segundo ela não existe quem é poderoso demais, popular demais, rico demais para se safar da lei, referindo-se a equidade na Justiça. Para Marina, o combate à corrupção também é determinante nos apoios políticos. 

De acordo com a pré-candidata, a reforma eleitoral feita pelo Congresso, no ano passado, teve o objetivo de evitar renovações na política, de forma que os partidos tradicionais têm uma grande fatia do fundo partidário, enquanto a Rede conta com R$ 10 milhões e oito segundos de televisão. 

 

Leia também:

APLB não aceita proposta de 2,5% da prefeitura e greve dos professores permanece; nova reunião acontece nesta quinta (12)

 

Notícias: Política
© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar