publicidade

Brasil

Ministério Público Federal denuncia auditor e policial por corrupção passiva na Receita Federal no Maranhão

por Bernardo Rego no dia 11 de July de 2018 às 18:41
Foto: Reprodução/OAB

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o auditor-fiscal da Receita Federal Alan Fialho Gandra e o agente aposentado da Polícia Federal por improbidade administrativa na Justiça Federal no Maranhão.

Eles são acusados de suposta violação de informações sigilosas da Receita Federal e solicitação de vantagem indevida para restituição tributária.

De acordo com a denúncia, uma contribuinte informou à Receita Federal que teria sido procurada pelo advogado Alan Filho, em 2015, com a proposta de agilizar um processo administrativo fiscal referente à restituição tributária do espólio do seu falecido pai, no valor de R$ 1.972.402,00.

Segundo o MPF, Alan Gandra, valendo-se da condição de auditor-fiscal da Receita Federal, acessou indevidamente o sistema informatizado da Delegacia da Receita e disponibilizou os dados do processo para os advogados.

Caso sejam condenados, as penas podem variar de 1 a 8 anos de reclusão, além de multa.

LEIA MAIS:

CAIU! Homem morre em confronto com policiais da Rondesp em Feira de Santana

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar