publicidade

Copa do Mundo

“Não deveríamos ficar surpresos por estarmos na semifinal da copa”, diz técnico da Croácia

por Débora Oliveira no dia 11 de julho de 2018 às 15:01
Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (11), o técnico Zlatko Dalic disse a imprensa russa que não vê seus jogadores, que enfrentarão a Inglaterra como uma equipe inferior.

"A Croácia tem jogadores atuando nos melhores clubes da Europa. A gente não tem grandes resultados em campeonatos grandes há décadas. Alguma coisa precisa mudar para termos o resultado. Não deveríamos ter surpresa de estarmos nas semifinais da copa, dada a qualidade dos nossos jogadores. Eles mostraram a qualidade que temos, desde 1998. Não deveriam estar surpresos por atuar nos times que atuam", afirmou em entrevista coletiva no estádio Luzhniki, palco do jogo da semifinal.

O discurso é semelhante ao de Dejan Lovren. Para o zagueiro, os elogios recebidos da imprensa e população motivam os atletas da Croácia a buscarem uma campanha ainda melhor que a da Copa de 1998, quando a seleção chegou ao terceiro lugar do torneio ocorrido na França.

"Somos um país pequeno, com grandes jogadores que têm sucesso. Nos últimos dias, as pessoas têm falado disso. Quando você fala do nosso sucesso é muito bom para a gente. Mas não vamos parar por aqui. Sempre queremos mais. Sempre miramos mais", disse.

Outro tema tratado na entrevista coletiva foi um possível cansaço, já que a Croácia disputou prorrogação e cobranças de pênaltis contra e Dinamarca e Rússia, nas oitavas e quartas de final, respectivamente. Mesmo admitindo que os minutos a mais deixam o time mais fadigado, Lovren crê que os atletas estarão 100% para o jogo desta quarta-feira.

"Claro que não é a mesma coisa fisicamente se a gente jogou 120 minutos. Mas acho que tivemos tempo para recuperar, somos profissionais o suficiente para se recuperar. Estou perfeitamente saudável, pronto, disposto. Em vários momentos você esquece qualquer cansaço que você pode ter. É uma chance na vida", ressaltou.

O técnico Dalic brincou e disse querer ver os jogadores ainda mais cansados para disputarem uma possível final contra o vencedor de França e Bélgica. 

"Queremos ter jogadores que tenham 100% condições e vou ver quem são os que vão estar assim depois dos treinos. Precisamos de todos os jogadores. A gente jogou cinco jogos difíceis. Mas não vamos buscar culpados, não vamos criar álibis. A gente está na semifinal para jogar. 

LEIA MAIS

Presidente do Vitória confirma contrato com o jogador Walter Bou

Notícias: Copa do Mundo
© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar