publicidade

Mundo

“Solução para crise de crianças imigrantes é que não venham para os EUA”, diz Trump

por Débora Oliveira no dia 10 de julho de 2018 às 16:48
Foto: Reprodução

O presidente americano, Donald Trump, disse nesta terça-feira (10) que a solução para a crise das crianças separadas de seus pais na fronteira com o México é "que não venham" aos Estados Unidos ilegalmente.

"Bom, tenho uma solução. Digo às pessoas que não venham ilegalmente ao nosso país. Essa é a solução. Vejam como fazem outras pessoas. Elas chegam legalmente", disse Trump ao ser perguntado sobre a última data limite para reunir os menores de 5 anos com seus pais antes de embarcar no Air Force One rumo a Bruxelas.

A administração Trump iniciou em abril a polêmica política de "tolerância zero" contra a imigração, que levou a separar de seus pais cerca de 3 mil menores de idade - dos quais 500 já foram entregues aos seus pais -, medida que foi finalmente suspensa em meados de junho pelas enormes críticas recebidas.

O juiz Dana Sabraw de São Diego (Califórnia) determinou no final do mês passado que as crianças menores de cinco anos deveriam estar com seus pais antes desta terça-feira (10) e estabeleceu que o restante deve se reunir com seus parentes antes do dia 26 de julho.

Em uma audiência judicial com Sabraw na segunda-feira (9), advogados do Departamento de Justiça (DOJ) explicaram que duas crianças já retornaram aos seus pais, enquanto farão o mesmo com outro grupo, o que permitiria chegar a um número de entre 54 e 59 menores.

LEIA MAIS

STJ nega habeas corpus a Lula e aponta incompetência de desembargador

Notícias: Mundo

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar