publicidade

Mundo

ACABOU O SOFRIMENTO! 12 meninos e treinador são resgatados de caverna na Tailândia após 17 dias

por Isabela Rocha no dia 10 de julho de 2018 às 09:05
Foto: Reprodução

Finalmente a batalha foi vencida e o sofrimento acabou após 17 dias. O caso dos 12 meninos e o treinador de futebol que estavam presos em uma gruta na Tailândia desde o dia 23 de junho na Tailândia, causou comoção mundial. A operação de resgate foi realizada durante dias, e o que poderia ter sido uma tragédia, acabou com um final feliz para familiares, amigos e comunidade internacional.  

Nesta terça-feira (10), os últimos meninos foram resgatados, por isso, todos os membros dos "Javalis Selvagens" foram retirados com vida do local. Eles estavam encurralados  após terem ficado diversos dias sem comer, e cerca de 4 quilômetros da entrada da caverna, que teve a saída bloqueada pelas inundações das chuvas.

Ekapol Chanthawong, de 25 anos, é o treinador e quase um herói. Como foi noticiado pelo "The Washington Post", órfão e já tendo estudado para ser monge budista, ele ficou muito debilitado por ter comido pouco para dar o alimento aos menores, que tinham entre 11 e 16 anos.

A operação de resgate era bastante arriscada e foi feita via mergulho com máscara. O jornal The Telegraph noticiou que pílulas contra a ansiedade foram usadas nos garotos. Vale ressaltar que um mergulhador morreu no começo das atividades de salvamento.

A identidade dos jovens que iam saindo, por exemplo, não foram reveladas nem mesmo para os familiares, pois o governo não queria que, enquanto alguns celebravam a alegria de ver suas crianças salvas, outros viviam a agonia de seguir minuto a minuto o restante das operações.

 

LEIA TAMBÉM:

George Clooney sofre acidente de moto na Itália e é hospitalizado

 

Notícias: Mundo

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar