publicidade

Mundo

Operação para resgatar últimos meninos e treinador de caverna é retomada na Tailândia; mais dois são salvos

por Isabela Rocha no dia 10 de julho de 2018 às 06:33
Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (10). uma equipe de mergulhadores retomou a terceira etapa da missão para resgatar os últimos quatro meninos e seu técnico presos em uma caverna no norte da Tailândia desde 23 de junho. De acordo com uma testemunha, citada pela Reuters, o nono e o décimo jovens já foram retirados do local. Nos dois primeiros dias de operação, oito meninos foram retirados do local. Eles estão internados, mas passam bem.

A missão de hoje, segundo um porta-voz oficial das operações, é deixar a caverna com as cinco pessoas, além de um médico e três fuzileiros navais que estão no local. Chove forte na região, o que pode elevar o tempo de resgate do grupo.

Nesta segunda-feira (9). mais quatro meninos foram retirados da caverna Tham Luang, na Tailândia, subindo para oito o número de resgatados, no 2º dia das operações de salvamento. Os quatro garotos passam bem e foram levados para o hospital da província de Chiang Rai, que fica a cerca de 70 km da caverna. Os nomes dos resgatados não foram divulgados oficialmente.

“Nós estamos muito felizes de resgatar mais quatro”, afirmou o governador da província de Chiang Rai e coordenador da célula de crise, Narongsak Osatanakorn.

COMO FUNCIONA O RESGATE

A operação de resgate é bastante complexa e perigosa: as galerias subterrâneas estão completamente escuras. O grupo precisa atravessar um trecho inundado e depois percorrer outro com um relevo bastante acidentado. Alguns dos meninos não sabem nadar. Todos precisaram aprender técnicas de mergulho às pressas.

O resgate é uma corrida contra o relógio, devido à expectativa de chuvas fortes nos próximos dias, que podem voltar a inundar perigosamente as galerias subterrâneas.

 

LEIA TAMBÉM:

SUSTO! Comissários e passageiros ficam feridos após manobra brusca de avião

Notícias: Mundo

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar