publicidade

Política

Senadores querem encaminhamento para pedido de impeachment de Gilmar Mendes

por Isabela Rocha no dia 13 de junho de 2018 às 09:46
Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (12), o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) apresentou questão de ordem na sessão plenária  para que seja dado encaminhamento aos pedidos de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes recebidos pelo Senado. Ele destacou o pedido formulado em abril pelo jurista e professor da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) Modesto Carvalhosa. As informações são da Agência Senado.

Randolfe Rodrigues leu uma lista com nove razões apresentadas pelo jurista que fundamentam o pedido de impeachment para demonstrar que Gilmar Mendes “sistemática e reiteradamente abusa do cargo e das funções que exerce, cometendo inúmeras vezes os crimes de responsabilidade”. 

"Eu acho que a responsabilidade de dar uma resposta, em especial a essa denúncia apresentada pelo doutor Modesto Carvalhosa, é de todos nós membros do Senado da República. Não me refiro ao presidente ou à Mesa, mas ao conjunto do Plenário do Senado e para que seja dado o encaminhamento que requer a Constituição, a Lei 1079 [de 1950] e o Regimento do Senado", disse Randolfe.

O senador João Capiberibe (PSB-AP) manifestou apoio à questão de ordem em razão do “questionamento que se faz na sociedade brasileira sobre esse comportamento” dos ministros do Supremo. "Esse é um caso que se debate publicamente e quem tem a responsabilidade de coibir esse tipo de comportamento é esta Casa, é o Senado da República, é a política que deve dar a condução. E nós fomos eleitos para isso", afirmou.

 

LEIA TAMBÉM:

TUDO NA PAZ! Donald Trump diz que Coreia do Norte não é mais ameaça nuclear

 

Notícias: Política
© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar