publicidade

Bahia

Médico é acusado de cobrar mais de R$ 1 mil para realizar cirurgias em pacientes do SUS

por Débora Oliveira no dia 12 de June de 2018 às 17:58
Foto: Reprodução

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) denunciou um médico ortopedista após investigação de que ele teria cobrado R$ 1.120 de duas pacientes para realizar cirurgias pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A denúncia foi feita na segunda-feira (11), no município de Feira de Santana, interior da Bahia.

Segundo o promotor de Justiça Tiago Quadros, o médico era conveniado do sistema e trabalhava na Casa de Saúde Santana (CSS), na cidade. 

De acordo com a denúncia, o médico teria alegado para uma das pacientes que, caso o procedimento fosse feito pelo SUS, a demora iria causar paralisia nos movimentos do braço direito. Parte do corpo onde ela deveria passar pelo procedimento.

O MP afirmou que o médico vai responder pelo crime de concussão, que é quando um funcionário público quer tirar vantagens indevidas mediante a função que ocupa. O orgão também explicou que os casos aconteceram em 23 de agosto de 2010 e 2 de setembro de 2013, chegando ao total de R$ 1.120.

LEIA MAIS

Cachoeira: prefeito e secretário da saúde são acusados de improbidade administrativa

Notícias: Bahia

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar