publicidade

Polemizando

MESTRE-CUCA? Bellintani segue cozinhando a torcida do "Bahêa"

por Neison Cerqueira no dia 08 de June de 2018 às 17:47
Foto: Divulgação / EC Bahia
Não sei como é Guilherme Bellintani na cozinha, mas se tem uma coisa que ele tá fazendo - e bem, é cozinhando a torcida do Bahia com esse papo de “estamos atentos ao mercado”.

Dez jogos, oito pontos, SEIS derrotas, dessas, CINCO foram longe de Salvador. O quadro piora quando se expõe o número de gols sofridos: foram DEZ no total e NENHUM marcado. Algo de errado no Bahia não está certo!

Na noite desta quinta-feira (7) diante do Paraná, o famoso "gude preso": derrota por 1 a 0 e de quebra a vice-lanterna da competição. A situação é vexatória, principalmente diante dos discursos proferidos pela diretoria do Esquadrão. 

Um desafio ao torcedor do Bahia: qual foi a contratação feita pela diretoria para o Campeonato Brasileiro? 

A torcida pediu a demissão de Guto Ferreira e foi atendida. Na derrota para o Paraná, Ítalo e Fernandinho (contratados para o Sub-23) entraram em campo, mas Carlos Prates deve ter esquecido que a Série A não é nenhum Brasileirão de Aspirantes - inclusive, refresco a sua memória: o Bahia faz sua estreia na competição no dia 14 de junho diante do São Paulo, às 19h15, em Pituaçu. 

Com o elenco que o Bahia tem, é assustador a equipe figurar na 19ª colocação.

Dois jogos em casa antes da parada para a Copa do Mundo (chega logo, vai Brasil!). Se nos jogos fora o time não conseguiu, até aqui, marcar um mísero gol, preocupa muito como essa equipe vai se comportar dentro de casa, já que esse era o forte do time treinado por Guto Ferreira (que foi demitido na derrota para o Grêmio por 2 a 0, na Fonte). 

A situação do Bahia é preocupante e requer uma atenção especial. O departamento médico do clube também é questionável. Quando os atletas lesionados retornarão? As previsões são imprecisas e a equipe sofre sem um goleador. A diretoria preferiu esperar - erroneamente - a recuperação de Edigar. Brumado é esforçado, mas alguns erros prejudicam seu desempenho em campo. Titularidade dele deve ser repensada. Sem Edigar a coisa já não estava boa, mas nada que está tão ruim não possa piorar: Brumado também se lesionou.

O sonífero tomado pela diretoria deve ter passado o efeito. Enfim, um novo atacante deve ser anunciado. Treinando no Fazendão, a diretoria acertou a contratação do atacante Gilberto que estava no Yeni Malatyaspor, da Turquia. O anúncio deve ser feito, em primeiro mão, para os sócios do clube. Vai ser a solução? Talvez sim, talvez não. Só resta esperar.

Para [tentar] se recuperar na competição, dois jogos em casa: Botafogo (domingo, 10) e Corinthians (quarta, 13). Façam suas apostas!

NOVO COMANDANTE?

Sempre que uma equipe demite o treinador, surgem as especulações. Pelas bandas do Fazendão, ventila-se a informação de que o Bahia deve acertar a contratação do técnico Marcelo Oliveira. Bicampeão Brasileiro com a equipe do Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil com o Palmeiras e rebaixado com o Coritiba em 2017. Boa sorte!
Notícias: Polemizando

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar