publicidade

Política

Lula rejeita transferência para presídio onde estão Cunha e Vaccari

por Isabela Rocha no dia 03 de June de 2018 às 08:55
Foto: Reprodução
De acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo, em reportagem publicada neste domingo (3),  ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria sido aconselhado por aliados a pedir transferência para o Complexo Médico-Penal de Pinhais para se afastar do isolamento da sala especial em que está detido na sede da Polícia Federal em Curitiba. No entanto, segundo a publicação, o petista rejeita a ideia para evitar transmitir uma imagem de resignação perante sua condenação na Justiça.

A mudança foi sugerida porque o ex-presidente estaria com o humor abalado pela falta de convívio com outras pessoas na prisão. Na superientendência da PF, Lula convive apenas com os policiais que fazem sua escolta e com os visitantes semanais, além de advogados. Já em Pinhais, estão presos alguns dos principais nomes da Operação Lava Jato, com o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

Lula também rejeita receber comida de fora do presídio, seguindo a mesma dieta dos outros detentos. Quando não está recebendo visitas, ele costuma escrever cartas, que são enviadas posteriormente aos destinatários por meio de seus advogados.



LEIA TAMBÉM:


TENSO:justiça mantém prisão de empresário gaúcho acusado de incitar greve dos caminhoneiros

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar