publicidade

Polemizando

Intervenção Militar já: você tem NOÇÃO do que isso significa?

por Neison Cerqueira no dia 29 de May de 2018 às 16:30
Foto: Reprodução
A greve dos caminhoneiros que já dura nove dias serve para a reflexão do governo. Quem com ferro fere, com ferro será ferido, diz o ditado. As [IR] responsabilidades promovidas pela administração de Temer era uma consequência. O atesto de que tudo não passou de um golpe, veio a galope. Pior: ainda não acabou. 

A greve dos caminhoneiros, que tem o apoio da população, é legítima e procede. As altas dos combustíveis foram absurdas. E todo mundo rindo. Quem pagou o pato? A classe trabalhadora, mas dessa vez, sem submissão, respondeu à altura. Que bom! Por aí já se tira a força que a gente tem. 

O que entristece é que, ao acompanhar essas manifestações, visualizar faixas com os dizeres ‘INTERVENÇÃO MILITAR JÁ’. Você tem NOÇÃO do que isso significa? Você sabe que caso esse pedido seja aceito, essa manifestação toda não vai mais existir? Basta pensar um pouco. Ou melhor: voltar no tempo. 1964 é logo ali!

Quem pede a intervenção e pior, quem vê nela a solução para TODOS os PROBLEMAS enfrentados por nós, cidadãos brasileiros, não têm a noção do quão difícil foi aquele período. De 1964 até 1985, o país viveu sob um regime autoritário, iniciado por um golpe militar, em 31 de março de daquele ano. A cada medida de intervenções promovidas por esse governo dar arrepios.

Somente quem viveu naquela época sabe a dor que passou, porque sentiu na pele. Os problemas políticos sempre existiram e irão existir. Mas você pode fazer intervenção - sem precisar da truculência militar. A intervenção com um direito que é seu: o de exercer a democracia.




Notícias: Polemizando

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar