publicidade

Polemizando

Vitória 0x3 Soberba

por Neison Cerqueira no dia 25 de maio de 2018 às 15:54
Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória
A eliminação da Copa do Nordeste para o Sampaio Corrêa foi só mais um carimbo do que vem acontecendo com o Vitória dentro de campo: desde o vergonhoso Ba-Vi de fevereiro, o Leão não conseguiu se encontrar nas quatro linhas e acumula duas eliminações - esta última vergonhosa, além de um vice-campeonato. 

A soberba venceu - e bem - o Rubro-negro!

No ano passado, contratações como Dátolo, Cleiton Xavier e gringos. Chegaram com pompas, jogadores com nome, caros, mas que não renderam nada. A base da equipe é a mesma que lutou para não cair ano passado. Com jogadores como Pedro Botelho, Lucas e Denílson, contratados para esta temporada, mais do mesmo: o time não vingou. O futebol praticado - e longe de ser vistoso - só engana três pilares: direção, treinador e torcida. Diretoria e treinador têm, juntos, a total responsabilidade desse momento negro que vive o Vitória. 

Jogaram o torcedor contra a imprensa. Fizeram lobby para boicotar emissoras de rádio e TV, agrediram veículos de comunicação com pedras, levantaram a hashtag #FechadoComOECV, mas a equipe hoje está eliminada de todas as competições que disputou até aqui.

A responsabilidade por esse fracasso também é sua, torcedor. Parte desta nação fechou os olhos para o que a diretoria fez e apoiou situações estapafúrdias dentro de campo. Nas Redes Sociais, os comentários são de glorias, como se a equipe tivesse dando resultados em campo. E não está. Na cabeça desse torcedor, a culpa de tudo o que aconteceu é do TJD-BA, da emissora de TV e dos profissionais da imprensa, do STJD, mas não da diretoria. Parafraseando Jucá, ‘um grande acordo nacional com STJD, com tudo’, disseram.

Permaneça #FechadoComOECV, mas não seja omisso. Grite, lute, cobre. Sem agressão. Mostre sua força fora de campo!

Na noite da eliminação para o Sampaio, assisti ao jogo e ouvi vaias para o time e ‘olé’ quando o adversário estava com a bola nos pé. É inadmissível o Vitória passar CENTO E OITENTA minutos sem fazer um gol. Noves fora, deram como certa a classificação. Uma pena. Perderam na bola. Em São Luís. 3x0. 

Com todo respeito ao Sampaio (classificou-se MERECIDAMENTE), mas além da tradição e do orçamento, o Vitória ser eliminado dessa forma é VEXATÓRIO! O empate foi apenas uma confirmação de que o time caminha a passos largos para um final não muito feliz. 

O Campeonato Brasileiro não é laboratório para testes e já ficou comprovado. A vitória sobre Vasco e Ceará, não é parâmetro. O elenco é fraco. É torcer para não sucumbir antes do dia 02 de dezembro. 

Boa sorte. O Leão vai precisar!
Notícias: Polemizando
© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar