publicidade

Economia

Alta do dólar faz turista pesquisar mais e “encurtar” tempo de viagem

por Débora Oliveira no dia 17 de maio de 2018 às 14:54
Foto: Reprodução
Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), relatou que com o aumento do dólar, que atingiu a maior cotação desde abril de 2016, os turistas passaram a ser mais seletivo em pesquisa por viagem.

Com o aumento da moeda o viajante busca por pacotes fechados que incluam hospedagem, alimentação, passagem aérea e passeios, e passa a escolher destinos da América Latina como uma forma de driblar o alto custo da viagem.

O dólar foi cotado a R$ 3,679, alta de 11,03% no ano, dados revelados nesta quarta-feira (16), sendo que o dólar turismo vale R$ 3,84 (sem IOF).

A Abav ainda não tem estatísticas que mostrem esse movimento de ajuste no balanço das operações no segundo trimestre. A percepção de agências de viagens e turistas ouvidos pelo site G1 é de que os brasileiros não desistiram de viajar, mas já começaram a ajustar seus planos para manter tudo dentro do orçamento.

“A primeira percepção é a dificuldade na tomada de decisão diante da alta do dólar. O passageiro continua querendo viajar, mas fica indeciso na hora de pagar, e pesquisa mais. [Quando decidem], A alta cambial acaba sendo diluída em um pacote que pode ser divido em até 10 vezes e é pago em real com a cotação do dia, para as viagens internacionais”, diz Magda Nassar, vice-presidente da Abav.


LEIA MAIS

Campeonato BaianoSub-20: Vitória e Bahia empatam sem gols no primeiro jogo da final

Notícias: Economia
© Copyright 2016 - Radar da Bahia - Grupo Radar