publicidade

Mundo

CRUEL! Trump chama imigrantes ilegais de "animais" e promete deportar em massa

por Isabela Rocha no dia 17 de maio de 2018 às 11:11
Foto: Reprodução
O presidente Donald Trump voltou a reafirmar que fará deportações em larga escala de imigrantes indocumentados nos EUA. Durante uma reunião com autoridades da cidade da Califórnia, Trump causou polêmica ao chamar de "animais" um grupo de imigrantes ilegais membros da gangue Marasalvatrucha "MS-13", organização criminosa que surgiu em Los Angeles nos anos 1980 e que hoje atua internacionalmente, com ramos em diversas partes dos Estados Unidos, Canadá, México, e América Central.

“Temos muitas pessoas que entram ou que tentam entrar em nosso país [...], estamos impedindo inúmeros deles de entrar e removendo muitos dos que já estão aqui”. O comentário de Trump foi feito no contexto em que ele dizia que são pessoas más.

“Você não acreditaria o quão ruim são essas pessoas. Não são as pessoas, são animais... E nós estamos tirando-as para fora do país em um nível nunca visto ”, disse. A gangue MS-13 é composta, em sua maioria, por imigrantes latinos vindos da América Central, principalmente de El Salvador.

O presidente dos EUA afirmou ainda que, devido à falta de uma legislação eficaz, estes imigrantes voltam rapidamente. “Por causa das leis fracas, eles voltam rápido, nós os detivemos, os libertamos, os interceptamos de novo, depois os deportamos de novo”, falou e avisou: "É uma loucura, temos as leis de imigração mais burras do mundo e nós vamos cuidar disso".

Trump lembrou do caso de Kate Steinle, uma jovem norte-americana assassinada por um jovem indocumentado que já tinha sido deportado cinco vezes.


LEIA TAMBÉM:


IBGE aponta 27,7 milhões de brasileiros sem emprego, a taxa é maior entre pretos, pardos e mulheres

Notícias: Mundo

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar