publicidade

Política

Governo desiste de slogan "O Brasil voltou, 20 anos em 2" após interpretação ambígua

por Neison Cerqueira no dia 15 de maio de 2018 às 16:16
Foto: Jorge William / Agência O Globo
A ideia do presidente Michel Temer em copiar a referência ao programa do ex-presidente Juscelino Kubitschek - 50 em 5 anos - falhou. Um convite distribuído para a realização de um evento onde será comemorado os dois anos de gestão de Temer trazia o sloga "O Brasil voltou, 20 anos em 2". A frase com significado ambíguo não pegou nada bem diante das reformas promovidas pelo seu governo.

A intenção do Planalto, claro, era elevar a política de um governo desenvolvimentista, porém, teria um sentido negativo se a vírgula fosse omitida. Uma nova versão do convite foi divulgada na noite de ontem (14). O Palácio do Planalto divulgou o convite para a cerimônia com o slogan "Maio/2016 - Maio/2018: O Brasil Voltou".

As mudanças promovidas e medidas realizadas pelo governo Temer estará no discurso dele. O emedebista deverá destacar atos como a reforma trabalhista, as mudanças no Ensino Médio, a aprovação do teto de gastos pelo Congresso e as melhoras em indicadores econômicos, como queda da inflação e da taxa básica de juros.

Temer governa o país desde o dia 12 de maio de 2016, logo após o Senado aprovar a abertura do processo de impeachment da então presidente Dilma Rousseff. No entanto, o presidente sofre há dois anos com a impopularidade. Cerca de 70% da população reprova o governo Temer. A rejeição é pior até mesmo do que a dos seus antecessores que sofreram impeachment, incluindo Fernando Collor.


LEIA TAMBÉM: 

VENDIDO! Tríplex atribuído a Lula é arrematado por R$ 2,2 milhões

Notícias: Política
© Copyright 2016 - Radar da Bahia - Grupo Radar