publicidade

MUNDO

Ex-diretor do FBI é louco, disse Trump a chanceler russo

por Alessandro Granda no dia 19 de maio de 2017 às 18:32
Foto: Reprodução/internet

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, definiu como “louco”, o ex-diretor do FBI James Comey durante uma reunião na Casa Branca com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov. 

O encontro ocorreu em 10 de maio, um dia depois de o republicano ter demitido Comey, alegando "falta de confiança" por conta de sua condução do caso que investigava a democrata Hillary Clinton pelo uso de emails privados para enviar mensagens oficiais.

"Estava sob forte pressão por causa da Rússia", disse Trump a Lavrov, segundo uma transcrição da conversa obtida pelo jornal "The New York Times". Em seguida, o presidente chamou o ex-diretor do FBI de "louco".

A autenticidade do documento não foi contestada pelo porta-voz do governo, Sean Spicer. "Atraindo a atenção para si e politizando as investigações sobre a Rússia, James Comey criou uma pressão desnecessária sobre nossa capacidade de negociar com a Rússia", afirmou a Casa Branca.

Notícias: MUNDO
por Elaine Silva no dia 21 de agosto de 2017 às 17:06 em
por Elaine Silva no dia 21 de agosto de 2017 às 14:43 em
por Yan Passos no dia 21 de agosto de 2017 às 13:18 em

publicidade

publicidade

© Copyright 2016 - Radar da Bahia - Grupo Radar